4

Acupuntura para aliviar as dores do câncer

Já é de conhecimento de grande parte da população os benefícios promovidos pela acupuntura. O que poucos sabem é que ela também é eficaz para aliviar as dores do câncer. Você sabia disso? Os efeitos analgésicos e anti-inflamatórios produzidos pelas agulhas têm sido percebidos por cada vez mais pessoas. Nesse artigo, irei explicar melhor como essa terapia atua em prol dos pacientes oncológicos.

O que é a acupuntura?

A acupuntura é uma técnica milenar de intervenção que faz parte da Medicina Tradicional Chinesa. Em resumo, é um tipo de terapia com agulhas que tem por objetivo estimular áreas específicas do corpo. Essa estimulação promove o equilíbrio da energia do paciente e da sua interação com o ambiente. A acupuntura considera que existe uma rede de transmissão de energia em nosso corpo, que a distribui de forma equilibrada entre tecidos, órgãos, músculos, tendões e ossos. Quando há alguma falha nessa distribuição, ocorre um desequilíbrio, o que provoca as dores e as doenças que acometem os seres humanos. Por isso, é uma técnica indicada para tratar ansiedade, estresse, depressão, alterações hormonais, doenças em geral e até os efeitos colaterais do tratamento contra o câncer. A acupuntura é um tratamento não invasivo, seguro e sem efeitos colaterais, apresentando benefícios já após a primeira sessão.

Como a acupuntura pode aliviar as dores do câncer?

A acupuntura é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), desde 1995, como uma especialidade médica que atua na melhora do funcionamento dos órgãos e ajuda na redução ou no alívio da dor. Os pacientes com câncer têm apresentado resultados muito positivos quando submetidos às agulhas da técnica chinesa. Na maioria absoluta dos casos, há uma nítida redução dos efeitos colaterais provocados pelo pós-operatório da cirurgia oncológica, quimioterapia e radioterapia. Porém, é importante ressaltar que a acupuntura atua como um tratamento complementar no alívio das dores do câncer e não como um método para cura da doença. Assim, a terapia proporciona bem-estar para o paciente. A utilização de terapias de apoio foi iniciada por vontade exclusiva dos pacientes e, em consequência dos resultados obtidos, passaram a fazer parte do rol de procedimentos autorizados no tratamento de pacientes oncológicos. Atualmente, a medicina integrativa não se utiliza apenas da acupuntura, mas também da fitoterapia, yoga, massagem, meditação e orientação nutricional.

Quais sintomas a acupuntura pode ajudar a aliviar?

A acupuntura tem um papel importante na redução de vários sintomas apresentados por pacientes com câncer, principalmente, para aliviar os efeitos colaterais dos tratamentos convencionais. Entre esses sintomas estão:
  • Náuseas e vômitos provocados pela quimioterapia, sendo mais eficaz do que o uso de medicamentos anti-eméticos;
  • Dores do câncer, pois a acupuntura tem efeito analgésico que influencia o aspecto psicoemocional da dor, além de ajudar no controle dela durante o período pós-operatório;
  • Ansiedade e depressão podem ser tratadas pela combinação de massagens terapêuticas e acupuntura;
  • Fadiga é reduzida com a aplicação das agulhas;
  • Neuropatia induzida por quimioterapia é um problema comum e há estudos em curso para comprovar os benefícios da acupuntura nesses casos;
  • Boca seca induzida por radioterapia também é melhorada pela acupuntura em razão da ativação do ponto responsável pela atividade cerebral que atua na salivação;
  • Dispneia pode ser tratada pela acupuntura, melhorando a função respiratória.
Como você pode ter percebido, são diversas as formas que a acupuntura pode beneficiar o paciente oncológico, principalmente para aliviar as dores do câncer. Quer saber mais? Clique no banner!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp